Posts com Tag ‘calor’

Eaeae moçadaa!!
Tudo bem com vocês??
Desculpem a ausência nessas últimas semanas…
Um dia desses estava-se discutindo por aí sobre uma confusão relacionada a atores de holywood que fizeram piadas sobre o Brasil.
Todos ficaram revoltadinhos e melindrados com as piadas, uma que me chamou atenção foi uma que insinuava que somos uns “baba-ovos” de estrangeiros….
Por que ficaram bravos? É verdade ué!

Brasileiro é trouxa paracaramba, já perceberam que só queremos copiar as coisas mais babacas de fora? Não copiamos os bons exemplos, copiamos as babaquices….
Conversando com um amigo meu durante o almoço estávamos reclamando do calor e de usar gravata….e aí começam as coisas babacas que copiamos de fora:

Terno e gravata: Os caras se vestem dessa maneira porque o clima permite, as pessoas precisam se proteger do frio e por que não de maneira elegante. Mas nós, vivemos em um país tropical, onde a média de temperatura é de 27 graus, e imagino como essa moda veio parar aqui, alguém muito útil deve ter pensado:

– Poxa, se moramos em um país quente pra caramba, onde as pessoas tem que andar em meios de transporte públicos lotados e sem ventilação, por que não começamos a usar uma paletó grosso e quente, acompanhado de uma camisa de manga comprida e um pano que te “lacra” o pescoço?
Taí, que boa idéia, vou dizer que isso é sinônimo de pessoas evoluídas e ganharei dinheiro vendendo ternos!

Comidas enlatadas: Na América do norte e Europa devido ao clima e solo, alguns produtos (verduras e legumes) não “dão” o ano inteiro, então precisavam ser conservados de alguma forma para estarem disponíveis durante todo o ano. Vivemos em um país que tudo que se planta nasce, o ano inteiro. Ou seja, se quiséssemos teríamos praticamente tudo “fresquinho “ o ano inteiro, mas acredito que alguém influenciado pelo gênio da moda citado acima teve outra idéia:

– Gente, esse negócio de comer coisas direto da horta é muito primitivo, para mostrarmos que estamos crescendo e somos evoluídos, que tal se pegássemos tudo que temos fresquinho e colocássemos em latas?? E aí, em sintonia com os filmes, as pessoas iam querer comer coisas enlatadas e congeladas para imitar os artistas!!
Boa idéiaa né?Assim quem sabe a gente imita também a saúde deficitária dos “evoluídos”?

Prédios espelhados: Os países com climas frios, utilizam do recurso de prédios de vidro, pois dessa forma, o sol entraria no edifício e ajudaria na questão do aquecimento. Mas algum Zé, achou bonito, e fez igual…..aí como aqui é quente pra dedéu, tem que gastar o triplo em ar-condicionado para alguém conseguir sobreviver lá dentro…

Vou parar por aqui, porque são milhares de cópias imbecis….o que me leva a uma conclusão: culturalmente temos crise de identidade! É isso! Culturalmente não nos aceitamos!
Já pararam para pensar? Ninguém se aceita, todo mundo quer ser outra pessoa, inclusive preferem copiar as piores característica do outro para tentar ser igual, ao invés de valorizar as suas qualidades…
Uma dessas questões eu mesmo pude presenciar, em uma pesquisa onde a pessoa deveria preencher dados como sexo, cor e talz, inúmeros negros assinalavam como pardos…..porra eu era amigo do cara, ele é zulu e me vem dizer q é pardo….outros que pesavam facilmente uns 90 kg colocavam 70 Kg….mas….enfim…

Quando me disserem que somos um país tropical , e que por isso nos vestiremos de acordo com a nossa realidade, quando valorizarmos a nossa gente, investirmos no nosso cinema, no nosso teatro, na nossa literatura, aí sim vou acreditar quando o governo fizer comerciaizinhos de TV dizendo que temos orgulho de ser brasileiro….

Grande abraço!
Gabriel

Feriadooooooooo!!

Publicado: setembro 3, 2010 por Gabs em Teorias e Causos do Gabs
Tags:, , , , ,

Eaeaea moçadaaa!!
Tudo bem com vocês??
Aeeee vésperaaa de feriadoooo!!
Todos felizes e prontos?

Agora eu pergunto:
Existe algo mais agoniante do que uma véspera de feriado prolongado??

Claro que não!

Você acorda olhando no relógio para ver se já é 18H….
Nesses dias me sinto como o Peter Pan, na terra do nunca…….onde o tempo não passa….
Quando você entra no elevador, não recebe um bom dia, e sim um:
-Nossa, dá 22H mas não dá 18H…..rsrsr
Mas não vamos pensar nessa agonia, vamos pensar na beleza do feriadooo!!
Embora ninguém saiba do que é o feriado, e nem por que se comemora, o importante é que ninguém trabalha né…
Feriado é sinônimo de alegria e união! Tanto que todos ficam juntinhos no feriado…..todos juntos e parados em um só lugar……na estrada….
Lá é possível ver a alegria transbordando nas pessoas! Você vê irmãos se batendo no banco de trás, depois vê o pai gritando com os dois e por fim a mãe brigando com o pai por ele ter brigado com os filhos que estavam brigando entre eles..ufa…
Vê as sogras dizendo para os genros: “Falei que era melhor ter ido mais cedo..”
Vê cachorros morrendo asfixiados dentro do carro com a cabeça e a língua mais cumprida que a minha gravata…
É verdade que muitas vezes você não vê nada disso…já que os travesseiros, malas e cobertores tampam os vidros….
Mas depois desse primeiro momento de união tem finalmente a praaaiaaaa!!!
Exatamente, nós somos tão práticos que não queremos perder tempo falando se vamos para Santos, Guarujá, São Vicente, Ubatuba….falamos sempre que vamos para….. “praia”.
Aí é que a coisa fica bacana!!! Quer comer um pãozinho quentinho de manhã?
Muito fácil, é só acordar bem cedo e ficar 3 horas na fila da padaria….
È bom ou não é?!
As crianças acordam cedo ensandecidas para irem a praia, e começam a atazanar todos os adultos com “ Vamos, vamos” “vai logo tio”….
Mas sabemos que não é simples assim, tem que ter todo um ritual de preparação antes!
Então é formada a fila do protetor solar!
Depois que todos estão lambuzados e brancos é hora de pegar as cadeias e guardas-sol, guardas-sois, guarda-sois..sei lá como se escreve essa merda no plural…
Agora todo mundo enchendo a bóia da criançadaa, aquela merda de free willy inflável e as de braço…
Próxima etapa: encher as belas geladeirinhas de isopor com cerveja, refri, gelo, ah e manda o tio ir preparando a caipirinha para colocar na geladeirinha….
Etapa seguinte: Fazer a malinha com cheetos, bolachas, pururucas, biscoitos de polvilho, amendoim, fofura, torcida e qualquer um desses isopores com cheiro de queijo…
Pegar a bola, o pipa, a raquete e bolinha de frescobol e os baldinhos para fazer castelos…
Todos prontos??? Bora pra praiaaa!!
Chegando lá os desafios continuam….
Colocar o guarda-sol na areia…..fala sério…..é mais fácil cavar um poço artesiano do que fincar aquela merda na areia…horas de tentativa e……… prontoooo!!!
Vamos armar as cadeiras e se divertir as custas dos outros né? Vamos ver crianças más derrubando castelo dos outros, guardas-sol voando enquanto os “tiozões do churrasco” correm atrás dele, aquele José roela que cai no sono e acorda com queimaduras de 3º grau…ai como é bom descansar né!?
A única coisa ruim é que não dá pra ver o mar ….Já que a sua frente tem o vendedor de sorvete, milho, queijo coalho, camarão do verão passado, amendoim, cerveja, cangas, bóias, tatuagem de hena, pulseirinhas hippie…
E quando de repente…já é 20H e está na hora de voltar pra casa da praia….
E vai embora todo mundo ardendo depois de ter passado a tarde no mar, fritando no sol e correndo atrás de guarda-sol….só nos resta agora deitar e sentir aquela sensação maravilhosa de que estão passando uma lixa nas suas costas, se lambuzar de caladril e rezar pra no dia seguinte fazeeeer muuuuuuuito sol!!!!

Encontro vocês lá na praia, meu guarda-sol é aquele amarelo ali….

Grande abraço

Gabriel

Todo dia de Manhã

Publicado: março 23, 2010 por Gabs em Devaneios e Causos do Anderson!
Tags:, , ,

Todo dia de manhã é aquela agonia
Ônibus, Van e mente. Tudo cheio de gente.
Aperta aqui! Cabe um ali!
“OH PESSOAL, UM PASSINHO PARA O FUNDO POR FAVOR!!!!”
Grita o cobrador
Onde cabe um, cabem mais três!
Daí em diante é aquele aperto, desespero!
CALOR, muito calor!
CCs a todo vapor se misturam aos perfumes, rexonas e axes!
Aquela mistura de odores, fedores e autores de mal estar.
AR! AR!
Alguém, por favor, abre a janela!
OPA! Por que estamos parados?
Ei! Olha paro lado, está tudo parado!
Ah! chegamos na marginal.
20 min, 40 min, 1h, 1h e 30min
CHEGA! Não dá… Não andamos quase nada
Não sei se estou vivo, gravata frouxa
Não há mais gel no cabelo
do odor a dor de cabeça, mal o dia começou
e cansado estou
Ah, ainda falta pegar o metrô…

Anderson Gonçalves